O peixe

Mergulhei na escuridão. Os meus pés pisavam areia. Não sabia onde estava. Sentia-me desorientado, talvez por ter bebido uma lata de diluente. O meu pé bateu em algo. Era suave, molhado. Sem ver baixei-me e peguei nele. Ainda se mexia e não tive dúvidas. Era um peixe.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s