O Península está a morrer

Venho aqui levantar uma voz de protesto contra a gestão da Galeria Comercial Península, no Porto. O “Península”, como é conhecida esta galeria, sempre foi um centro comercial diferente. Era pequeno, com poucas lojas e pode-se dizer que pretendia atingir um segmento médio-alto, já que grande parte das lojas eram lojas caras: Labrador, Max Mara, Carolina Herrera, entre outras. Mas ao mesmo tempo era também um local extremamente agradável, com a característica fonte de água a produzir um ruído relaxante e as suas esplanadas repletas de estudantes e pessoas a porem a sua leitura em dia.

Nos tempos áureos, o Península tinha no piso de baixo uma loja da Häagen-Dazs, uma Companhia das Sandes, um café e ainda  um quiosque. Todos estes estabelecimentos estavam sempre repletos de clientes. No piso de cima, além das lojas, tinha vários estabelecimentos de restauração, que faziam com que as esplanadas estivessem cheias, sobretudo à hora do almoço.

Entretanto, alguém se lembrou de alterar completamente esta galeria e as suas âncoras. Começaram por destruir toda a zona de esplanada do piso de baixo e onde outrora havia a fonte de água (sempre agradável) e os estabelecimentos acima referidos agora existe…nada! Só isto acabou com parte do movimento que esta galeria tinha. Recentemente, suponho eu fruto de uma gestão que não está a agradar aos lojistas (não vejo outra explicação), muitas lojas e estabelecimentos de restauração começaram a fechar, o último dos quais foi a Companhia das Sandes, que tinha sempre movimento.

Neste momento quem quiser almoçar ou jantar no Península tem apenas duas opções: o “Go Natural” ou o “Doces D’Avó”. Nos bons tempos o movimento à hora do almoço era imenso, com o mais variado tipo de pessoas. Actualmente quase que se pode dizer que está às moscas. E quem ganha com isso é o Shopping Cidade do Porto, mesmo ali ao lado.

Sinceramente não sei qual é a ideia de quem está a gerir o Península, mas repito aqui o título deste post: O Península está a morrer. Pelo andar da carruagem, qualquer dia fecha.

É pena ver desaparecer um local onde dantes apetecia ir tomar o pequeno-almoço ao fim de semana e ler um jornal e que agora só mete pena. Esperemos que eu esteja errado e o Península volte a florescer, mas tenho as minhas sérias dúvidas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s